Cristão Você Pode Fazer Política Sem Precisar Virar Deputado ou Vereador

politica-na-sociedade

Existe no imaginário das pessoas a ideia de que  para se fazer política é necessário assumir algum cargo eletivo como deputado, senador, vereador, prefeito, governador e presidente. Isso é apenas a política partidária administrativa. É quando você assume algum cargo público e passa a trabalhar com a máquina estatal de alguma forma, mas isso é apenas uma parte da política e é a que menos faz diferença.

Política é negociação de interesses , é cultura, é valores, é influência, é ideologia, é poder na sociedade etc. Política é algo muito mais amplo do que você pensa. Não acredita? Eu provo para você. Por que políticos como Jair Bolsonaro ou Marco Feliciano que falam de valores cristãos são odiados? Tenha certeza que não é por causa de suas frases ”polêmicas”.

Eles são odiados porque a grande maioria dos nossos jornalistas se formaram em universidades de cultura esquerdista que rejeita os valores cristãos. Esses jornalistas criados nessa cultura passam a odiar eles e assim passam esse ódio para muitos através da mídia. Ou seja, a política começou lá na universidade e não no Congresso Nacional.

Michel Foucault, filósofo esquerdista, ensinava que o verdadeiro poder está nas camadas da sociedade. Ele estava coberto de razão. O verdadeiro poder está nos sindicatos, nas universidades, nas escolas, na mídia, na família, nas igrejas, no grupo de amigos, nas empresas, nas associações e em todos os lugares onde se encontra a sociedade.

Qualquer político que suba ao poder que não tem alicerce nas camadas da sociedade será facilmente derrubado. Veja o caso do Fernando Collor que foi eleito presidente e com 6 meses foi impedido de continuar seu governo. Tinha o voto popular, mas não instituições da sociedade para apoiá-lo. Ele pediu para o povo sair nas ruas para defendê-lo e o povo saiu foi (incitado pela mídia) para pedir sua saída.

É verdade que Collor cometeu crimes, mas Dilma cometeu muito mais e quase que não saiu do poder. Ela tinha apoio de vários sindicatos, de grupos estudantis, de movimentos de rua, jornalistas e artistas. Ela só saiu do poder, depois de muito tempo, porque o PT cometeu uma corrupção monstruosa e isso fez com que ela perdesse o apoio da mídia e da base parlamentar, além de revoltar a população.

Portanto, não há problema se você tiver vocação e preparo se candidatar a um cargo eletivo, mas lembre que a política mais importante é nas camadas da sociedade. É é ela que dá respaldo aos políticos profissionais. Convença seus amigos, seus colegas de sala, seus familiares e os irmãos da sua igreja a respeito dos valores cristãos. Se puder monte um blog, monte uma página no Facebook, participe de um movimento estudantil cristão etc.

Enfim, seja um político cristão na sociedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s